Ministérios
Ministério de Irmã Anne
05/05/2011

 “Como é bom trabalhar a Bíblia com o povo!” Ir. Anne Marvin, agente de Pastoral na Diocese de Almenara, MG há dois anos, fala com grande entusiasmo sobre seu ministério. Ela trabalha com três outras irmãs na animação das comunidades da cidade de Felisburgo e muitas comunidades nos assentamentos acompanhados pela Equipe Pastoral de Felisburgo. Ela nos conta: 

“Como uma parte do trabalho pastoral que eu faço estou motivando pessoas das comunidades de Felisburgo, MG a aprofundar o conhecimento na Bíblia. Cada ano recebemos a orientação dos Bispos do Brasil sobre o livro bíblico a ser estudado durante o Mês da Bíblia. Durante setembro de 2010 nossos grupos de reflexão estudaram o Livro de Jonas. 

Estes grupos se encontram em casas e muitas vezes o número de crianças é maior do que o número de adultos. (Provavelmente foi assim no tempo de Jesus.) Sendo que este livro bíblico tem aspectos de uma história infantil, foi fácil envolver as crianças. No encerramento do estudo todos os grupos reuniram-se no salão paroquial e nós fizemos uma peça sobre Jonas. Só três crianças se prepararam para os papéis de Deus, Jonas e o Rei de Nínive. Nós dependemos da plateia para interpretar os marinheiros, o barco, as ondas, o grande peixe, os ninivítas arrependidos, a mamoneira, e o verme que acabou com a mamoneira. Todos têm talento suficiente para estrear nas novelas da Globo!

Sempre gostei do episódio quando Jonas estava sofrendo com o calor. Calor interior porque ele estava com raiva de Deus e sua misericórdia, e calor exterior por causa do sol e do vento quente. Deus quis dar um toque de amor em Jonas e assim fez uma mamoneira crescer rápido e providenciar sombra para Jonas. E Jonas gostou. 

O livro de Jonas foi escrito durante uma época quando o Povo de Deus, como nós de hoje, redescobriu os sinais de Deus na natureza. Uma manhã eu estava indo de Jequitinhonha a Almenara e fiquei boquiaberta quando observei ao longo de alguns quilômetros, nos dois lados da rodovia, pequenas plantas verdes com flores amarelas. O próximo dia, voltando, eu notei que só restaram as plantas. As flores amarelas já haviam cumprido seu destino, alegrando os corações de quem passou por lá. Um toque de amor de Deus!

Como é bom trabalhar a Bíblia com o povo! Bom para eles acredito, e também, muito bom para mim. Os grupos continuam durante o ano, e a experiência de Jonas certamente acompanha cada um.
VoltarTopo