Notícias
Assembleia Eleitiva da CRB Goiania 2018
05/10/2018

CRB Regional Goiânia em Assembleia Agradecemos Frei Marcos Sassaelli, OP por este texto. Nos dias 21 (com a abertura às 8:30 horas) e 22 (terminando às 15:30 horas com a Missa de Envio da Nova Coordenação) de setembro, aconteceu - no Instituto São Francisco, Setor Coimbra - a 45ª Assembleia Eletiva da Conferência dos Religiosos/as do Brasil (CRB) Regional Goiânia, constituída pelos: - coordenadores/as (superiores/as) dos Institutos Religiosos, ou delegados/as; - membros da Coordenação Regional em exercício; - presidente/a da CRB Nacional ou seu delegado/a; - coordenadores/as e um delegado/a de cada Núcleo; - um representante de cada Grupo de Reflexão; - outros religiosos/as, residentes na Regional Goiânia, que estavam presentes. Como tinha sido comunicado com antecedência pela Coordenação, os objetivos da Assembleia foram: 1. aprofundar o tema: “Vida Religiosa em processo de transformação e transformadora”; 2. avaliar e planejar a caminhada da nossa CRB Regional dentro do Plano Trienal 2015-2018; 3. partilhar questões financeiras da Regional; 4. eleger a Coordenação para 2018-2021; 5. eleger dois delegados/as e dois suplentes para a Assembleia Geral Eletiva da CRB Nacional; 6. aprofundar a comunhão na caminhada da nossa CRB Regional; Para o aprofundamento do tema da Assembleia tivemos a assessoria da Irmã Bárbara Pataro Bucker, da Congregação das Irmãs Mercedárias; doutora em Teologia Sistemática pela PUC do Rio de Janeiro e mestra no Instituto de Teologia Vitae Religiosae Claretianum pela Pontifícia Universidade Lateranense; atualmente professora na PUC do Rio de Janeiro. Contamos também com a presença do Irmão Edgar Genuíno Nicodem, Lassalista - integrante da Coordenação da CRB Nacional - que veio como delegado da Irmã Maria Inês, Presidenta da CRB Nacional. Participei da Assembleia por interesse pessoal e representando também - a pedido do Provincial Frei José Fernandes - a nossa Província Dominicana Frei Bartolomeu de Las Casas. Éramos cerca de 70 participantes: a maioria Religiosas, poucos Religiosos e menos ainda Religiosos Padres. Parece que nós, os Religiosos - sobretudo Padres - ainda não tomamos consciência que somos membros da CRB, que somos CRB. A Assembleia foi marcada por um verdadeiro espírito de irmãos e irmãs, preocupados/as em aprofundar - a partir das nossas experiências concretas e à luz da Palavra de Deus - o sentido da Vida Religiosa (vida de peculiar consagração a Deus, a serviço do Povo) no mundo e na Igreja hoje. Apesar das nossas limitações, a partilha das luzes e também de algumas sombras da Vida Religiosa foi muito enriquecedora. Destacamos a necessidade de reafirmar - com a palavra e, sobretudo, com o testemunho - a dimensão profética da Vida Religiosa na sociedade e na própria Igreja. O Documento de Aparecida (220) afirma que a Vida Religiosa deve ser “radicalmente profética”. Reparem: radicalmente! Papa Francisco diz aos Religiosos/as: “Espero que ‘desperteis o mundo’, porque a nota característica da Vida Religiosa é a profecia. Como disse aos Superiores Gerais, ‘a radicalidade evangélica não é própria só dos Religiosos/as: é pedida a todos/as. Mas os Religiosos/as seguem o Senhor de uma maneira especial, de modo profético’. Esta é a prioridade que agora se requer: ‘ser profetas/profetisas que testemunham como viveu Jesus nesta terra (...). Um Religioso/a não deve jamais renunciar à profecia’ (29 de Novembro de 2013). O profeta/profetisa recebe de Deus a capacidade de perscrutar a história em que vive e interpretar os acontecimentos: é como uma sentinela que vigia durante a noite e sabe quando chega a aurora (cf. Is 21, 11-12). Conhece a Deus e conhece os homens e as mulheres, seus irmãos e irmãs. É capaz de discernimento e também de denunciar o mal do pecado e as injustiças, porque é livre, não deve responder a outros senhores que não seja a Deus, não tem outros interesses além dos de Deus. Habitualmente o profeta/profetisa está da parte dos pobres e indefesos, porque sabe que o próprio Deus está da parte deles” (Carta Apostólica Às Pessoas Consagradas para a proclamação do Ano da Vida Consagrada, 21 de novembro de 2014, II, 2). Os Religiosos/as somos realmente profetas/profetisas no mundo e na Igreja, hoje? O que significa para nós “testemunhar como viveu Jesus nesta terra”? Meditemos! Francisco lembra-nos ainda: “A Vida Religiosa não cresce, se organizarmos belas campanhas vocacionais, mas se as jovens e os jovens que nos encontram se sentirem atraídos por nós, se nos virem homens e mulheres felizes! De igual forma, a eficácia apostólica da Vida Religiosa não depende da eficiência e da força dos seus meios. É a vossa vida que deve falar, uma vida da qual transparece a alegria e a beleza de viver o Evangelho e seguir a Cristo” (Ib. II, 1). Por fim, a nova Coordenação da CRB Regional Goiânia 2018-2021 ficou assim composta: - Ir. Maura Finn - Irmãs de São José de Rochester - Coordenadora - Ir. Davi Nardi - Irmãos Maristas - Pe. Volimar Aimi - MSF - Ir. Maria Auxiliadora Pereira (Dorinha) - Dominicanas de Santa Catarina de Sena - Ir. Rita Petra Kallabis - Missionárias de Cristo. Desejamos à nova Coordenação um bom trabalho na animação da Vida Religiosa na Regional. Que o Espírito Santo ilumine a todos/as nós!
VoltarTopo