Reflexões
Celebramos o Mês Vocacional
06/08/2014

A mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial de Oração pelas Vocações, 2014. Tem como tema - As vocações, testemunho da verdade.

O Santo Padre destaca que toda vocação exige um êxodo de si mesmo para centrar a própria existência em Cristo e no seu Evangelho. Independente do âmbito da vida é preciso, segundo o Papa, superar os próprios pensamentos e modos de agir que não estejam em conformidade com a vontade de Deus. O Papa diz                                   Não devemos ter medo. Deus nunca nos abandona.

Dirigindo-se àqueles que estão dispostos a colocar-se à escuta da voz de Cristo, Francisco os convidou a ouvirem e seguirem Jesus, deixando-se transformar interiormente por Suas palavras.

                                  Nenhuma vocação nasce por si, nem vive para si. A vocação brota do coração de Deus e
                                  germina na terra boa do povo fiel, na experiência do amor fraterno.

O Papa reconhece que para seguir neste caminho muitas vezes é preciso ir contra a corrente, enfrentando obstáculos, dificuldades que poderiam criar desânimo. Mas ele enfatiza que a verdadeira alegria dos chamados está em crer e experimentar que Deus é fiel.
Com Ele, podemos caminhar, ser discípulos e testemunhas do amor de Deus, abrir o coração a grandes ideais, a coisas grandes.
Na conclusão da mensagem, o Papa pede que bispos, sacerdotes, religiosos, comunidades e famílias cristãs orientem a pastoral vocacional nesse sentido, acompanhando os jovens em percursos de santidade.

                                Disponhamos, pois, o nosso coração para que seja boa terra
                                a fim de ouvir, acolher e viver a Palavra e, assim, dar fruto.
 
VoltarTopo